Refisa recebe certificado de BPF

Esse certificado garante que a empresa está dentro do padrão de exigência das boas práticas de fabricação. O BPF representa um conjunto de princípios e regras para o correto manuseio de alimentos, abrangendo desde as matérias-primas até o produto final, garantindo a segurança e integridade do produto ao consumidor.
São normas e procedimentos gerais voltados para o controle do ambiente, do pessoal, de contaminações cruzadas e outros itens; com a finalidade de atingir um determinado padrão de identidade e qualidade do produto, cuja eficácia e efetividade devem ser avaliadas por meio de inspeção e/ou investigação.
É considerado o programa base para a adoção de outros sistemas de qualidade na indústria de alimentos, sendo obrigatório, por exemplo, para iniciar e viabilizar o plano de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC).  Desta forma são obtidos muitos benefícios, entre eles, maior disponibilidade de alimentos, diminuição da quantidade de alimentos deteriorados, menor desperdício, produção mais econômica e menor risco da população consumidora contrair infecções, intoxicações, parasitoses e envenenamento químico de origem alimentar.
O programa de BPF é submetido periodicamente à auditoria, garantindo desta forma a inocuidade do alimento. A garantia de sua aplicação e consolidação de sua metodologia está no reconhecimento do proprietário da empresa ou de sua diretoria, que para fazer produtos com boa imagem e credibilidade é preciso garantir a aplicação de Boas Práticas de Fabricação, em toda cadeia do processo produtivo. Desde a matéria- prima até suas condições de distribuição.